Notícias : ​Uma mulher acusada de deixar a filha adotiva morrer de fome

​Uma mulher acusada de deixar a filha adotiva morrer de fome

A mãe corre o risco de ser encarcerada para o resto da vida

Publicado por Luso Noticia em Notícias
Partilhar no Facebook
484 484 Partilhas

Uma mãe de Des Moines, Iowa, é acusada de deixar morrer de fome a sua filha adotiva.

Nicole Finn teria limitado os três filhos adotivos, Jaden, Mikayla e Natalie, à comida.

Foi a pequena Natalie, que morreu de fome. A mãe também prendia os filhos e colocava um alarme na porta deles.

Fechados no quarto, as crianças às vezes eram forçadas a fazer os deveres no chão.

"A nossa mãe não nos deixava ir à casa de banho", diz Mikayla, a filha de 15 anos.

Antes da sua morte em outubro de 2016, Natalie teve vários problemas de saúde. Nicole Finn estava perfeitamente consciente dos problemas de saúde da filha, de acordo com Mikayla.

No dia da morte, a irmã sabia que a situação era muito grave: "Naquele momento, eu sabia que a minha irmã ia morrer", diz Mikayla.

Nicole Finn não poderia realmente ter os filhos: "Eles eram um fardo para ela, e em muitas mensagens ela diz que os odeia", disse o detetive Chris Morgan.

Acusada de manter os filhos em cativeiro e assassinato, Nicole Finn enfrenta a prisão perpétua.

Partilhar no Facebook
484 484 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde

Goste/partilhe