Notícias : Racismo na internet: Ela foi criticada por ter a barriga preta demais, detalhe, ela estava grávida de gêmeos.

Racismo na internet: Ela foi criticada por ter a barriga preta demais, detalhe, ela estava grávida de gêmeos.

Grávida de gémeos criticada por ter «barriga muito preta», responde da melhor forma | Hiper Fm

Publicado por Luso Noticia em Notícias
Partilhar no Facebook
781 781 Partilhas

A atriz, modelo e escritora americana Porsche Thomas viu a sua conta do Instagram ser invadida por comentários preconceituosos, e racistas logo depois de publicar uam foto tomando sol.

A foto foi tirada apenas duas semanas antes do parto, e ela quis registrar os últimos momentos enquanto tomava sol em Larchmont, perto de Nova Iorque.

É incrível como atualmente, as pessoas querem despejar suas tristezas e sombras internas em cima das outras pessoas utilizando as ferramentas da internet, parece que existe uma necessidade em ofender, em criticar, que esse ato traz felicidade ou algum conforto para essas pessoas. O que elas não sabem é que racismo é crime e que a internet não consegue mais esconder os autores dessas barbáries. Apesar de terem tido comentários positivos, alguns foram muito preconceituosos dizendo até do fato dela namorar uma pessoa branca e por isso sugerirem que ela tenha problemas de autoestima. Muitos criticaram a cor da barriga dela, disseram que era preta demais. 

Porsche não se deixou abalar pelas críticas e apenas publicou:

“Enquanto alguns de vós estão a criticar a escuridão da minha barriga, eu estou a aproveitar a vida, criando seres humanos minúsculos, realizando milagres e, esperançosamente, ficando ainda mais negra”. 

Passado o ocorrido ela está bem e os gêmeos nasceram saudáveis. Berlin e August nasceram no dia 7 de janeiro, e são muito lindos. O fato serviu de alerta para o problema do preconceito racial nas redes sociais. Tomara que os pequenos não sofram preconceito e vivam em uma sociedade mais decente e livre dessas mazelas. 

Partilhar no Facebook
781 781 Partilhas

Fonte: Hiper FM · Crédito foto: Hiper FM

Goste/partilhe