Notícias : Falou demasiado alto e foi morta à facada

Falou demasiado alto e foi morta à facada

Mulher não gostou de ser acordada

Publicado por Luso Noticia em Notícias
Partilhar no Facebook
140 140 Partilhas

No brasil mais propriamente na cidade de Belo Horizonte Valdete Queiroz de 49 anos falava alto quando acordou uma das passageiras que dormia no autocarro.

A mulher não gostou de ser acordada e as duas começaram a discutir, até que a agressora pediu ao condutor para parar o autocarro pois queria sair. 

Antes de sair esfaqueou Valdete e colocou-se em fuga. A vitima não resistiu à facada que levou na barriga e acabou por morrer.

As imagens de segurança estão a ser analisadas para identificar a suspeita que continua em fuga.

Partilhar no Facebook
140 140 Partilhas

Fonte: www.cmjornal.pt · Crédito foto: www.cmjornal.pt

Goste/partilhe