Notícias : Em fase terminal, uma mulher descobre que já não tem cancro, duas semanas antes do Natal.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Em fase terminal, uma mulher descobre que já não tem cancro, duas semanas antes do Natal.

Todos os detalhes no interior.

Publicado por Luso Noticia em Notícias
Partilhar no Facebook
709 709 Partilhas

Uma mãe, a quem não deram mais do que 4 anos de vida, está agora curada do cancro da mama, depois de usar um medicamente revolucionário.

A mulher de 35 anos, Heidi Loughlin, ficou a saber em setembro que não ia viver mais do que quatro anos, os médicos perceberam que a sua condição estava a piorar mais do que o que esperavam.

Heidi perguntava-se quanto tempo mais é que sobreviveria à doença quando, esta semana, um exame médico revelou que ela já não tinha nenhum vestígio da doença no seu corpo.

Até agora, tudo sugere que será por causa de um novo medicamento chamado Kadcyla. 

Este medicamento recentemente aprovado pelo governo, é prescrito a mulheres que sofrem de cancro da mama muito agressivo.

Geralmente, Kadcyla permite que o paciente que o toma beneficie de 9 meses adicionais de vida.

Ninguém poderia ter previsto estes resultados em Heidi. 

A mãe soube que tinha cancro quando estava grávida em 2015.

Quando esperava o seu primeiro filho, ela reparou numa erupção cutânea no peito.

Foi aí que o médico a diagnosticou com uma forma muito agressiva de cancro da mama.

No entanto, Heidi recusou-se a ser operada e a aborta o bebé de 3 meses de idade. 

Ele nasceu 12 semanas antes da data prevista e Heidi começou a fazer quimioterapia de imediato.

Agora que está completamente curada, Heidi poderá ver os seus dois filhos crescerem.

Que milagre milagroso!

Partilhar no Facebook
709 709 Partilhas

Fonte: ayoyemonde
Crêdito foto: ayoyemonde

Goste/partilhe